O paradigma da liderança inspiradora, segundo registros até hoje válidos por muitos, são atividades como planejar, organizar, coordenar e controlar fiéis seguidores, vivencia uma revolução pouco silenciosa.

A visão é a linha mestra da jornada do líder inspirador. Sensibiliza e mobiliza comportamentos – equipes, clientes, fornecedores e até mesmo o mercado.

Como arquiteto do futuro, adquire espontaneamente a disciplina de pensar estrategicamente. Pensar o que ser amanhã em detrimento do que se é hoje ou foi-se ontem, sem vivenciar a avassaladora síndrome do sucesso. O líder inspirador e seus co-participantes trabalham na construção de um novo lugar compartilhando desafios, decisões, responsabilidades.

Líderes inspiradores

Líderes que aprenderam a aprender e a se ouvir constroem equipes polivalentes, interdependentes, mobilizadas pela cultura empresarial, pessoas bem preparadas, capazes de alternar papéis de acordo com as necessidades empresariais, decolando na função da autoliderança ou liderança de grupos segundo a missão proposta.

Ações do líder que inspira

  • Transferência de responsabilidades. Compartilhando decisões.
  • Criação do ambiente onde cada pessoa deseje assumir o resultado pela sua performance.
  • Alinhar expectativas e perspectivas que transmitam uma mensagem clara sobre o que é necessário para a organização e o indivíduo obtenham excepcional desempenho.
  • Promover o desenvolvimento e a energização de equipes / pessoas. Estímulo à ação autodirigida.
  • Abrir espaço para o Patrimônio Intelectual. Criar as condições nas quais cada membro da organização se sinta desafiado a aprender sempre e fazer o melhor.
  • Consciência do líder que o maior obstáculo ao sucesso são concepções, sonhos pouco realistas e expectativas pessoais. A percepção de que, “Eu sou o obstáculo “.
  • O líder como conhecedor do obstáculo a caminho do êxito aprendendo a enxergar a solução.
  • Saber que dirigir é aprender e ouvir é um ativo precioso.
  • Escrever seu próprio receituário. Pense em construção. Livre-se de velhos hábitos. “Cuidado para não dormir com defuntos “.
  • Lidere pelo exemplo.

Liderança e Aprendizado

A liderança que inspira exige aprendizado. O aprendizado exige ação e não desejos. A ação exige conquista e marcos estabelecidos para o progresso na direção de uma meta em comum. Os líderes inspiradores fazem com que suas ações falem com tamanha clareza que não é preciso ouvir suas palavras. Normalmente não são eles que ganham os louros do sucesso e sim suas equipes.

Percebendo por poucos instantes nosso corpo ouvimos a sinfonia do inspirar ( inserir ar nos pulmões / fazer nascer o entusiasmo criador / fazer nascer no coração, no espírito um sentimento, um pensamento, um desígnio / servir-se das idéias das obras de outrem) e do respirar ( absorver o oxigênio do ar nos pulmões, viver, exprimir, manifestar, revelar).

Aí está o que faltava nesta reflexão. A alquimia da emoção.

Efigênia Wend Vieira
CEO do UPSIDE GROUP
www.upside.com.br