Para ter sucesso, não venda produtos ou serviços.

29 nov 2015

Não importa o que a sua empresa vende. Cada vez mais o cliente vai preferir comprar experiências. De preferência as que sejam realmente inesquecíveis. E ele vai aceitar pagar muito mais, além de ficar fidelizando, como no caso da Starbucks.
Quando Howard Schultz, após visitar lojas de café em milão, levou a ideia do café expresso para os Estados Unidos, muitos duvidaram que ele consegurira ter sucesso tentando diferencias uma commodity.

Hoje, milhões de “fãs” em todo o mundo consideram suas 15 mil lojas como um “terceiro lugar” (após a casa e o trabalho) para se passar o tempo, com áreas aconchegantes, confortáveis,  equipadas com sofás, poltronas macias e acesso grátis à internet.

Sua empresa já vende experiências? Ou ainda coloca todas as energias na venda de produtos ou serviços. Se você não acreditar que é possível criar experiências associadas à oferta da sua empresa, esteja certo que antes mesmo do que você imagina, um concorrente atual ou um novato no seu mercado vai lhe surpreender. Não vai adiantar justificar que ele tem muito para investir ou que teve sorte.  As suas explicações ou “desculpas” não conseguirão impedir que  seus clientes sejam atraídos pela experiência oferecida pelo concorrente.  Melhor seria começar a usar sua imaginação e a da sua equipe, para descobrir como criar experiências no relacionamento com seus clientes.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *