RELAÇÕES QUEBRADAS

Em algum momento da vida pessoal ou profissional você pode receber uma mensagem importante, inesperada e tudo muda de cor. A pressão assusta e surgem perguntas e sintomas. A tranquilidade, o medo e outras emoções se transformam em fantasmas assustadores. O corpo e a mente são invadidos por cargas imensas de hormônios desesperados do estresse causando, também, a apatia. Perdemos o chão, o emprego, um ente querido, ganhamos um diagnóstico de doença grave.

Tudo é possível debaixo do céu.

Estudos mostram que as pessoas se recuperam mais rapidamente de acidentes automobilísticos do que de episódios psicológicos.

“SmackDown” momentos inevitáveis e o sucesso é construído sobre eles. (Bryan Robinson, Pd. D., Psicoterapeuta na prática privada e autor de 40 livros).

É normal? Sim. São períodos transitórios.

Não se trata de ações sem valor, não é chatice. Inspire e respire, como escrito no meu artigo anterior (https://www.linkedin.com/pulse/abrir-novas-portas-uma-forma-inusitada-de-falar-sobre-efigenia-vieira/). Esta prática o ajudará muitíssimo a sentir a sua presença e força. Fator fundamental para o autocuidado. Não desista de você, preserve-se que a resiliência está a caminho. Sem delongas, você tem o conhecimento que a Resiliência e o Otimismo caminham juntos? Sabia que o otimismo, dentro da Inteligência Emocional, é um dos pilares da felicidade?

Veja! Olhe quanta coisa boa você pode possuir no seu íntimo. Independente de qualquer situação você pode, sempre, se recuperar e alcançar novos patamares. Um novo emprego ou, mesmo, outra forma de trabalhar como consultor e/ou conselheiro de empresas, ou ainda, um negócio próprio ou algo que nunca tenha sido pensado por ter sido considerado como impossível. A graça da cura de uma doença grave, a construção de um legado e boas memórias da falta de um ente querido, também, podem acontecer e de novo a vida segue.

Realmente ficamos melhores e mais fortes.

A vida é feita de ciclos. Sim. Permite muito aprendizado e gratidão pelas oportunidades de superar desafios com respeito e humildade. O cuidado e zelo pelas pessoas é imprescindível, sendo nobre em qualquer processo.

Modelos mentais, resiliência que é aquela nossa capacidade de voltar ao normal…, neste momento me escuto e deixo a narrativa. Não é mais possível voltar a forma singular, tudo será diferente. Seremos transformados e transformaremos o mundo em que vivemos. Resiliência promove musculatura.

Para entendermos bem a Resiliência precisaremos de aliados, como: a capacidade de Tolerar o Estresse com suas implicações emocionais, sociais e comportamentais, juntamente com o necessário controle e ajustes; o Otimismo, também com as mesmas implicações e a estratégia do aprender e fortalecer a reação saudável a momentos pessimistas; a Flexibilidade com seu impacto no trabalho, com suas implicações sociais e emocionais e o desenvolvimento da capacidade de mudança associada à persistência.

Entendendo a dinâmica do estresse.

A reação a situações de estresse é uma resposta neuroquímica e neurofisiológica do cérebro ao perceber que está em perigo. Trata-se de uma resposta fisiológica com liberação de hormônios e que nos permite sobreviver, sendo uma resposta extremamente adaptativa e adequada. Ela engloba o aceleramento dos batimentos cardíacos e a contração de músculos, por exemplo.

No organismo de uma pessoa sadia, ocorre um pico de estresse, com um pico de hormônios de estresse. Quando a situação se normaliza, cessa a liberação de hormônios e segue-se a vida adiante. Contudo, diante da exposição a situações de grande estresse, de estresse acumulado, o sistema de regulação de estresse pode sofrer graves alterações.

Neste último caso, a situação é grave e se desdobra em diversos distúrbios e na temida Síndrome Pós-Traumática.

Enfim, havendo interesse de vocês, poderemos conversar mais detidamente sobre o estresse e suas consequências.

Voltando ao nosso assunto matriz, reforço que algumas competências da Inteligência Emocional são indicadoras de bem-estar e da felicidade, lida como estar contente, satisfeito com a vida. Autoestima, Otimismo como a irmã gêmea da Resiliência, Relações Interpessoais, Autorrealização.

Como há uma interdependência com todas as competências da inteligência Emocional, podemos buscar as nossas melhores habilidades para contribuírem com a nossa Felicidade e vice-versa.

Vocês detectaram que as competências da Felicidade e Bem-estar, são, também, algumas competências imprescindíveis ao bom resultado na era tecnológica?

“Os insights são visões interiores e eles modificam a nossa vida.” (CHOPRA, 1999) 

Efigênia Wend – CEO Upside Group

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe uma resposta

Gestor

Paulo de Vasconcellos Filho, 67 anos, atua como Consultor há 43 anos orientando processos de Planejamento Estratégico em 378 empresas de pequeno, médio e grande porte, que atuam nos mais diversos setores. Publicou seis livros sobre Planejamento Estratégico, sendo o primeiro em 1979 e o mais recente publicado pela Editora Campus, com o título “Construindo Estratégias para Vencer!”

Receba nossas novidades

Estratégias que merecem destaque

Registre-se aqui para receber em seu e-mail nossas novidades.

Patrocinadores

Temas

Fechar Menu