Cuidados para a sucessão não falhar : parte 1

05 fev 2016

 

sucessões 1

                                                    A ascensão

Começou do nada, era empregado de um pequeno negócio, chegado do interior, precisando de trabalho para se alimentar, de um local para se proteger…
Ah! Eram tempos difíceis, tudo estava por se construir, e ele, jovem disposto ao trabalho, inteligente, ambicioso (mas não ganancioso!) viu a oportunidade de fazer a vida.

Foi trabalhando muito, mostrando seu valor, sempre disposto e disponível nas horas necessárias, bem ao gosto do dono do negócio, estrangeiro estabelecido por estas bandas, e também povo muito trabalhador, que veio para vencer na nova terra.
Homem trabalhador, acostumado a produzir resultados, sempre atento ao financeiro, à produção e à clientela e sua satisfação, foi crescendo, os negócios prosperaram em sua administração, até que por fim o sogro, já velho e cansado, com filhos que não mostravam interesse real a não ser o de usufruir, lhe vendeu outra parte, e assim se tornou majoritário.

Estava realizado o sonho, mas não o plano de vida, que a esta altura, já crescera bastante e tornou-se muito maior do que o que já existia; o mercado aquecido, capital de investimento no caixa, o sucesso empresarial, o orgulho de dar emprego a centenas de pessoas, o respeito da sociedade, grandes viagens da família à Europa (não dele, que já se acostumara tanto ao trabalho, que mais lhe parecia diversão e vida, pois o sucesso é uma excelente fonte energizadora).

Mas o mercado estava mudando, a cultura local estava se modificando, a cidade estava evoluindo, e ele estava muito ocupado, trabalhando e produzindo, para poder perceber.

Anuar S. Mattar
CEO
Konos Human Achievement
www.konos.com.br

Compartilhe:

Comentários

  1. Maria Aparecida Core Motta Santos Diz: Fevereiro 5, 2016 at 8:00 am

    Parabéns, Anuar, excelente texto ! Vamos aguardar o desenrolar dessa história de sucesso! Abraços.

  2. Your article was exnlcleet and erudite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *