A importância da resiliência em tempos de Covid-19

Nas últimas décadas vivemos uma acelerada transformação de modos e costumes. As novas tecnologias nos permitiram o acesso a informação e conexão “real time”. Cartas e telegramas já não existem mais, impressos estão se acabando e a vida se transformando! Mas tudo tem um preço e em determinada hora a fatura chega.

O Homem, desde os primórdios, desenvolveu institivamente uma capacidade de adaptação ao meio e transformação dos seus usos e costumes. As invenções, desde das ferramentas de pedra, do descobrimento do fogo e sua utilização para preparar alimentos e aquecer o ambiente em dias frios, são provas irrefutáveis destas capacidades.

Em dias atuais, vivenciando uma pandemia, situação que para a população mundial é uma nova e aterrorizante situação, o medo e a angústia se instalaram. Todos viram em suas televisões, rádios, smartphones, as mortes em massa e assim se recolheram, de forma voluntária ou compulsória, em suas residências. E aí, fazer o que?

Suas rotinas foram completamente devastadas, os estudos, trabalhos, lazer, viagens, dentre outras, foram paralisadas. E aí, fazer o que?

E aí, o Homem mais uma vez demonstra sua capacidade de resiliência e transformação, adaptando o modo de trabalhar e estudar, o chamado “home office”, o lazer cultural passou a ser em “lives” de artistas, entrevistando, cantando e atuando dentro de suas casas, tutoriais de ginástica, meditação, artes, ioga, e tantos outros.

Tudo se modificou rapidamente pela necessidade do Homem em continuar sua caminhada. A vida não pode parar!!!!

O mais impressionante a se observar, no entanto, é nova forma de Homem se relacionar. Parece absurdo, mas ele descobriu um novo mundo, talvez não novo, talvez adormecido. O Homem modificou sua velocidade de acelerada para normal e passou a dar mais atenção e valor ao semelhante. Sua família passou a receber uma dose gigante de atenção pois todos estão juntos em suas casas, os amigos passaram a se procurarem mais, mesmo que virtualmente, o interesse pelo outro chegou a um nível interessante, a afetividade está aflorada.

Esse momento gerou uma nova transformação e adaptação ao Homem; desacelerar seu estilo de vida, valorizar a vida bem como as relações interpessoais.

Sim temos tempo para tudo e ele corre ao nosso favor. Não viva isolado numa redoma, viva unido, junto, não apenas fisicamente, mas também em espírito e alma. Se puder não ligue, não passe mensagem, procure pessoalmente. Dedique tempo ao próximo mesmo que ele não seja próximo a você.

Independente das mudanças físicas e estruturais que se perpetuarão após a Covid-19, a mais importante mudança será comportamental, de atitude e valorização humana entre todos os participantes deste grande jogo que chamamos de Vida. Esta sim será a grande resiliência.

Isaac Azevedo – CEO VoppEnergy

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe uma resposta

Gestor

Paulo de Vasconcellos Filho, 67 anos, atua como Consultor há 43 anos orientando processos de Planejamento Estratégico em 378 empresas de pequeno, médio e grande porte, que atuam nos mais diversos setores. Publicou seis livros sobre Planejamento Estratégico, sendo o primeiro em 1979 e o mais recente publicado pela Editora Campus, com o título “Construindo Estratégias para Vencer!”

Receba nossas novidades

Estratégias que merecem destaque

Registre-se aqui para receber em seu e-mail nossas novidades.

Patrocinadores

Temas

Fechar Menu