Até onde cortar os excessos de custos sem comprometer o sucesso empresarial.

Crises geralmente disparam alarmes que sugerem cortes. Muitos se armam de tesouras afiadas e saem cortando custos, muitas vezes de forma indevida, retirando da empresa a capacidade de estar pronta para atender o mercado quando a crise passar.
Não existe crise permanente. Se fosse, deixaria de ser crise.
Acreditamos que preocupação com custos deve ser parte da cultura da empresa, uma atitude permanente.
Corte correto seria se as cidades com até 2.000 habitantes não tivessem mais vereadores, pois Conselhos Comunitários de voluntários seriam suficientes. Correto também foi o corte feito em 1997 pela Southwest Airlines, retirando as azeitonas dos lanches servidos em seus voos, gerando economia anual de US$ 40,000, sem reduzir a qualidade dos serviços.
Corte indevido foi a redução feita pelo governo no FIES – Fundo para Financiamento Estudantil, que retirou 175.000 jovens das universidades, pois não é custo e sim investimento estratégico para o futuro do Brasil. Custo é manter 150.000 cargos comissionados na máquina pública, para atender aos partidos aliados.
Veja algumas citações que poderão inspirá-lo no desafio de cortar custos:
“Quando se espreme demais o limão, o que sobra é casca, bagaço e um gosto amargo.”
“Os que viverem de cortes de custos morrerão dilacerados por sua própria espada.”
“Custo é como unha, devemos cortar sempre.”
Mas cuidado para não atingir o sabugo ou até cortar o dedo.

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Deixe uma resposta

Gestor

Paulo de Vasconcellos Filho, 67 anos, atua como Consultor há 43 anos orientando processos de Planejamento Estratégico em 378 empresas de pequeno, médio e grande porte, que atuam nos mais diversos setores. Publicou seis livros sobre Planejamento Estratégico, sendo o primeiro em 1979 e o mais recente publicado pela Editora Campus, com o título “Construindo Estratégias para Vencer!”

Receba nossas novidades

Estratégias que merecem destaque

Registre-se aqui para receber em seu e-mail nossas novidades.

Patrocinadores

Temas