Como ser único na mente do seu Cliente.

“Não tente ganhar a mesma corrida contra a concorrência.
Participe de uma corrida diferente.”

Na prática, este conselho do Michael Porter, referência mundial em Estratégia, foi usado por 20 artistas de rua em Québec, no Canadá. Em 1984, para comemorar os 450 anos da descoberta do Canadá, o artista de rua Guy Laliberté apresentou uma proposta de um espetáculo de circo totalmente diferente dos que existiam desde o Império Romano.
O primeiro circo foi o Circus Maximus, inaugurado no século VI a.C., com capacidade para 150.000 pessoas. A atração principal eram as corridas de carruagens, mas, com o tempo, foram acrescentadas as lutas de gladiadores, as apresentações de animais selvagens e de pessoas com habilidades incomuns, como engolidores de fogo. Destruído por um grande incêndio, esse anfiteatro foi substituído, em 40 a.C., pelo Coliseu, cartão postal de Roma.
O projeto inovou inclusive no nome: Cirque du Soleil.
O espetáculo que criou uma nova categoria de entretenimento, ficou mundialmente
famoso e foi vendido em 20 de abril de 2015 por R$ 3,7 bilhões.

E na sua empresa, o que você está fazendo para que ela seja única na mente dos clientes?

Não basta copiar os concorrentes, nem ser só diferente. É preciso ser o único a oferecer o que seu Cliente valoriza mais.

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Gestor

Paulo de Vasconcellos Filho, 67 anos, atua como Consultor há 43 anos orientando processos de Planejamento Estratégico em 378 empresas de pequeno, médio e grande porte, que atuam nos mais diversos setores. Publicou seis livros sobre Planejamento Estratégico, sendo o primeiro em 1979 e o mais recente publicado pela Editora Campus, com o título “Construindo Estratégias para Vencer!”

Receba nossas novidades

Estratégias que merecem destaque

Registre-se aqui para receber em seu e-mail nossas novidades.

Patrocinadores

Temas