E na sua empresa, o Cliente é Rei ou ….?

trono do clientecliente rei

Na sua empresa o Cliente é Rei ou Deus?

Melhor tratá-lo como Deus, pois Ele sempre perdoará seus erros e lhe dará chance de corrigir, enquanto o Rei nunca o perdoará e certamente mandará executá-lo. Por falar em erros, lembre-se que na postagem de ontem falamos sobre a importância de aceitar os erros como parte do processo para buscar soluções que atendam as expectativas crescentes dos seus clientes. Eles não se contentam mais com produtos e serviços. Querem vivenciar experiências, não importa se estão comemorando o aniversário do filho na casa de eventos lançada pela Xuxa ou se apenas estão tomando um refrigerante. Se a lata da Coca-Cola tem o nome do cliente, ele vivencia uma sensação de “tratamento personalizado”, quase Vip. O Uber acreditou nesta nova realidade da crescente importância da experiência e criou uma forma diferenciada que conquistou milhões de clientes fieis em mais de 300 cidades em dezenas de países. Em pouco tempo o mercado reconheceu a diferença e o valor da empresa chegou a US$ 50 Bilhões. Até a simples água mineral oferecida aos clientes virou um símbolo do Uber. Veja em nossa postagem do dia 15 de outubro.
E na sua empresa, o que você está fazendo para tratar seu Cliente como um “Deus” ?

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Deixe uma resposta

Gestor

Paulo de Vasconcellos Filho, 67 anos, atua como Consultor há 43 anos orientando processos de Planejamento Estratégico em 378 empresas de pequeno, médio e grande porte, que atuam nos mais diversos setores. Publicou seis livros sobre Planejamento Estratégico, sendo o primeiro em 1979 e o mais recente publicado pela Editora Campus, com o título “Construindo Estratégias para Vencer!”

Receba nossas novidades

Estratégias que merecem destaque

Registre-se aqui para receber em seu e-mail nossas novidades.

Patrocinadores

Temas