Enfrente a crise com proatividade e inovação

EMPRESAS PROATIVAS Como Vencer Pela AntecipaçãoIcone_MindSet Proativo - Antecipando Mudanças (Momentos-Zero)-1

“A Inovação é o que distingue o líder do seguidor.”

Steve Jobs (1955-2011), fundador da Apple.

Proatividade e inovação são dois lados da mesma moeda: a moeda da criação de valor único para o mercado. Elas são primas gêmeas: quanto mais proativa for uma empresa mais ela inovará em sua oferta, na indústria ou em relação aos clientes. E quanto mais inovadora for essa mesma empresa, mais proativas serão suas estratégias em relação ao mercado.

Empresas proativas não deixam de investir em inovação, mesmo em tempos turbulentos como os que vivemos. Elas sabem que, se os momentos de retração pedem ajustes nos investimentos, isso não significa seu congelamento. E isso se aplica para as ações inovadoras. Como salientou recentemente Clóvis Tramontina, presidente do conglomerado industrial gaúcho: “Parar de inovar é hipotecar o futuro da empresa; se a concorrência já é complicada inovando, sem isso não tem jeito de crescer”. Nesse sentido, a Tramontina utiliza os chamados Centros de Inovação e P&D para fomentar de forma constante a inovação interna.

As capacidades para a proatividade de mercado fazem com que as empresas proativas tenham mais munição para enfrentar a crise. Citamos três delas e seus efeitos:

  1. Visão de Futuro: empresas proativas inovadoras detêm uma visão de longo prazo, um dos pré-requisitos para a inovação acontecer. Elas combatem melhor a tirania do momento presente, do curto prazo. Em períodos de crise essa mentalidade voltada para o futuro é essencial. É preciso lembrar que as retrações econômicas são sempre cíclicas: quando elas terminam e o consumo reage, sai na frente quem continuou investindo em novas ofertas e soluções para o mercado.
  1. Enfrentamento do Risco: Em tempos turbulentos a aversão ao risco tende a aumentar. Tal comportamento tem fundo de lógica, pois o aumento da incerteza faz com que os empresários pisem no freio dos investimentos e liguem o piloto automático do “wait and see”. Gestores mais preparados para fazer uma análise de risco objetiva e eficaz, terão maior probabilidade de aceitarem riscos mais amigáveis e latentes de oportunidades. Está comprovado que empresas proativas inovam mais, mesmo nos momentos de vendas em queda e mercado pessimista.
  1. Liderança: Por fim, o papel dos líderes nesse contexto é muito importante, e aí se desenha mais uma capacidade da proatividade a ajudar a empresa a lidar com a crise. Problemas macroeconômicos afetam a confiança dos agentes, sejam empresários, consumidores e a sociedade. E a confiança, ensina a teoria econômica, é o ingrediente principal de uma economia desenvolvida e segura. Assim, cabe aos líderes fomentar a confiança interna na organização, trazendo para dentro da empresa o vislumbre de oportunidades e novas opções, que se sempre se desenham, por mais crítica que seja a situação.

Visão de Futuro, Enfrentamento do Risco e Liderança. Três ingredientes proativos fundamentais para as empresas. Capacidades essenciais para enfrentar a crise e a incerteza de mercado. Três pré-requisitos para continuar inovando mesmo quando o vento não sopra a favor.

Leonardo Araújo
Consultor e Palestrante
Professor Associado à FDC

Rogério Gava
Consultor e Palestrante
Professor Associado à FDC

http://proatividademercado.com.br/

 

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Gestor

Paulo de Vasconcellos Filho, 67 anos, atua como Consultor há 43 anos orientando processos de Planejamento Estratégico em 378 empresas de pequeno, médio e grande porte, que atuam nos mais diversos setores. Publicou seis livros sobre Planejamento Estratégico, sendo o primeiro em 1979 e o mais recente publicado pela Editora Campus, com o título “Construindo Estratégias para Vencer!”

Receba nossas novidades

Estratégias que merecem destaque

Registre-se aqui para receber em seu e-mail nossas novidades.

Patrocinadores

Temas