Período Sabático

Se você possui um planejamento para realizar um projeto ou um sonho, é possível encarar esta empreitada.

Cursos no exterior ou mesmo recarregar as baterias, são objetivos que podem variar de três meses a um ano.

Como tudo no universo corporativo, há benefícios e riscos.

Se a empresa investir em você, isto trará um diferencial competitivo para o negócio através da sua performance. Neste caso, a sua remuneração continuará a ser paga ou a empresa poderá optar por, após o seu retorno, te manter no cargo, mas durante a sua ausência não haverá remuneração. Geralmente, solicita-se a sua demissão e a sua ausência poderá ser vista como perda de competitividade no mercado e de falta de compromisso com a sua carreira.

Fique atento a todas as variáveis com que você terá de responder.

Além disso, alguns temores de ordem emocional poderão lhe assombrar ( ansiedade, culpa …). Tenha uma reserva financeira para garantir o seu retorno, pois você poderá ficar disponível ao mercado por um tempo imensurável.

Enfim, como resultado, muitas mudanças sempre ocorrem.

Seja feliz com a escolha para a sua carreira e, seja qual for a sua realidade, esteja preparado para colher os lucros e fazer do seu sabático uma realização.

Viva a liberdade de escolha!

Efigênia Wend – CEO Upside Group

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe uma resposta

Gestor

Paulo de Vasconcellos Filho, 67 anos, atua como Consultor há 43 anos orientando processos de Planejamento Estratégico em 378 empresas de pequeno, médio e grande porte, que atuam nos mais diversos setores. Publicou seis livros sobre Planejamento Estratégico, sendo o primeiro em 1979 e o mais recente publicado pela Editora Campus, com o título “Construindo Estratégias para Vencer!”

Receba nossas novidades

Estratégias que merecem destaque

Registre-se aqui para receber em seu e-mail nossas novidades.

Patrocinadores

Temas

Fechar Menu