Sem obstáculos no segundo semestre 2018

Sem Obstaculos no 2o semestre

As redes sociais e televisivas nos proporcionam a cada instante as matizes de uma crise que insiste em perdurar. Estamos vivendo desafios e não rejeitamos este fato. São dezenas de milhões de brasileiros sem emprego, saúde e educação, sem perspectivas, sem expectativas, buscando alternativas sem repertório para o encontro com dias melhores.

A economia tropeça, ocorre o aumento do dólar, aumenta a instabilidade nos investimentos, a inflação, a corrupção e desastres ambientais e políticos . Enfim, o estresse mexe com a nossa cabeça e com o nosso corpo.

Nos últimos anos empresários e executivos foram dirigidos para dentro de suas empresas, muitas vezes negando o perfil da volatilidade que há muito se anunciava. Hoje uma nova estrutura organizacional, que vai além da velocidade do relógio, se faz presente.

As novas regras do mercado e da competição exige que haja desobstrução e diversos campos de visão simultâneos.

Sim, fazer-se presente. É hora de comunicar, de se fazer presente e não de se esconder. Em tempos diferentes do que estávamos navegando já à muito tempo, é o momento certo para a proximidade com seus públicos – mercado global e sistêmico, clientes, funcionários, comunidade, imprensa e formadores de opinião, dentre outros, evitando a perda de negócios, de prestígio, status e de talentos.

Em época de retração para alguns, pois muitos hoje já aprenderam a expandir com o uso da inteligência inspiradora e sustentável, investir na comunicação corporativa é mostrar que se está vivo e forte. É hora de reforçarmos imagem e posicionamento. Estreitar relacionamentos, mostrar produtos e serviços. Várias ações podem ser realizadas usando canais simples e diretos , reforçando nossa mensagem e tornando-nos cada vez mais engajados em uma realidade que não permite a falta do conhecimento de vanguarda e de resultados de valor que aceita provocações.

A caminhada em 2018, em seu segundo round, continua a exigir o aprimoramento da escuta em todas suas bases, mas sem o obstáculo para o aprendizado. Impera a resiliência! A energia construtiva nutre a disposição e a disponibilidade para atingirmos sempre novos patamares de desempenho e de entrega, contribuindo cada vez mais para o negócio dos nossos clientes.

Muito foi semeado. Há possibilidades de retornos ainda por vir. “O feedback ? Sim, por favor!”, das experiências vivenciadas por todos. Escutamos claramente nossos pontos para desenvolvimento em cada etapa do processo e, novamente, aprenderemos com a humildade a recomeçar diferente, a olhar por novos ângulos, a dar mais espaço para a simplicidade e para força da união de um mundo e de times em constante mutação.

Daí, dentro do nosso negócio, se revelam os cargos mais disputados e necessários, as remunerações disponibilizadas, a origem do capital, o perfil dos contratados e dos demandantes, a faixa de faturamento e a razão de quem contrata.

Estes resultados transcendem pesquisas de mercado amplamente divulgadas e seus gráficos coloridos.

Com a visão de hoje nos preparamos para o amanhã. Continue sendo bem vindo 2018!!!

 

Efigenia Wend

CEO da Upside Group

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Deixe uma resposta

Gestor

Paulo de Vasconcellos Filho, 67 anos, atua como Consultor há 43 anos orientando processos de Planejamento Estratégico em 378 empresas de pequeno, médio e grande porte, que atuam nos mais diversos setores. Publicou seis livros sobre Planejamento Estratégico, sendo o primeiro em 1979 e o mais recente publicado pela Editora Campus, com o título “Construindo Estratégias para Vencer!”

Receba nossas novidades

Estratégias que merecem destaque

Registre-se aqui para receber em seu e-mail nossas novidades.

Patrocinadores

Temas