Sucesso empresarial exige postura proativa e não reativa!

Foi assim que Buffett se tornou uma lenda como investidor conservador que parece ter alergia a problemas. Se você espera o problema acontecer, só poderá reagir para tentar solucionar. Será reativo.
Sendo proativo, você vai agir antes para impedir que a situação se transforme em problema. O ditado popular confirma: “É melhor evitar do que remediar.”
A Renner, que importa da China os artigos de inverno, para se proteger das oscilações do câmbio, preferiu ser proativa fazendo hedge (proteção) que garante um dólar de R$ 2,60 até o fim de 2015.  (Em 03 de setembro de 2015 o dólar chegou a R$3,73).
Leia mais sobre como ser proativo no http://proatividademercado.com.br/blog/

 

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Deixe uma resposta

Gestor

Paulo de Vasconcellos Filho, 67 anos, atua como Consultor há 43 anos orientando processos de Planejamento Estratégico em 378 empresas de pequeno, médio e grande porte, que atuam nos mais diversos setores. Publicou seis livros sobre Planejamento Estratégico, sendo o primeiro em 1979 e o mais recente publicado pela Editora Campus, com o título “Construindo Estratégias para Vencer!”

Receba nossas novidades

Estratégias que merecem destaque

Registre-se aqui para receber em seu e-mail nossas novidades.

Patrocinadores

Temas